Alimentos aliados do emagrecimento

Written by pablo on 12/02/2021 in Saúde with no comments.

De uma forma geral, quem quer perder peso deve estar atento à duas coisas: alimentação e nível de atividade física. Considerando a parte da alimentação, é essencial contemplar a ingestão de alimentos saudáveis e com baixas calorias.

Contudo, alguns alimentos podem ser especialmente benéficos para a perda de peso, potencializando seus esforços e otimizando os resultados.

Por isso, a seguir, vamos conhecer alguns alimentos que podem ser ótimos aliados na perda de peso:

Rica em água e com uma composição de 71% de fibras insolúveis, esse alimento ajuda não apenas a aumentar a saciedade, mas também contribui para o melhor funcionamento dos intestinos.

Mais do que isso, seu açúcar natural ajuda a eliminar o desejo de comer doces e eleva os níveis de açúcar no sangue, garantindo a energia necessária para o dia a dia.

Dica: consuma uma pera cerca de 25 minutos antes da refeição principal!

Uma deliciosa especiaria, a canela também ajuda a acelerar o metabolismo e favorece o processo de queima de gordura, inclusive da gordura localizada.

Dica: Tome Keto Boost para queimar gordura ainda mais rápido.

Mais do que isso, ela também ajuda a evitar picos de glicose no organismo, potencializando a sensibilidade dele à insulina.

Além de ter pouquíssimas calorias, esse alimento também é rico em fibras, que favorecem o funcionamento intestinal, aumentam a saciedade, combatem o colesterol ruim e agem contra a má digestão.

Mais do que isso, ela é rica em água, em minerais e também em vitaminas, ajudando o corpo a eliminar os líquidos retidos.

Você pode fazer uma água de berinjela, um chá e até mesmo acrescentar ela nas suas refeições.

Diferentemente dos outros tipos, como o branco, o arroz integral possui uma grande quantidade de fibras, que ajudam a elevar a saciedade e mantê-la por mais tempo.

Ele também possui vitaminas do complexo B, selênio e zinco, que possuem ação antioxidante. Com isso, melhoram a função circulatória, otimiza a memória e potencializa a concentração.

Também é um alimento rico em fibras, com cerca de 12,5g de fibras para cada 100g de alimento, o que é bastante. Mais do que isso, tem poucas calorias e ajuda a combater a prisão de ventre.

Suas fibras também favorecem o maior controle glicêmico e aumentam a saciedade.

Por sem um alimento com pouco sabor, pode ser acrescentado em várias preparações.

Aposte nesses alimentos na sua deita de emagrecimento para conseguir ótimos resultados!

Dicas Para Emagrecer Cortando o Glúten

Written by pablo on 21/12/2020 in Saúde with no comments.

A dieta sem glúten teve origem porque existem pessoas que possuem uma condição de saúde chamada doença celíaca. Nesses casos, a pessoa em questão apresenta intolerância ao glúten e é por isso que essa dieta exclui ele do cardápio.

No entanto, como é bem grande o número de alimentos atualmente que contém glúten, a dieta acaba sendo um tanto restritiva, o que consequentemente leva ao emagrecimento.

Por isso é que cortar o glúten do cardápio se tornou uma opção para muitas pessoas que querem emagrecer e eliminar as gordurinhas.

Então, se você está interessado e quer saber mais sobre como emagrecer cortando o glúten, continue lendo e descubra todos os detalhe a seguir.

A dieta sem glúten

Como você já deve imaginar, em uma dieta sem glúten é preciso eliminar do cardápio todos os alimentos que contenham glúten. A boa notícia é que como aumento da quantidade de pessoas celíacas no mundo, já existem muitos alimentos que são feitos sem esse nutriente.

Para quem não sabe, essa substância está presente em grandes quantidades, por exemplo, no trigo. Sendo assim, esse é um ingrediente que deve ser retirado totalmente da dieta.

Algumas boas opções que podem ser utilizadas são as seguintes:

O mais importante é ressaltar que o glúten, por si só, não leva ao aumento de peso. Por outro lado, o consumo excessivo dos alimentos que possuem esse nutrientes sim, pode levar ao ganho de peso, incluindo pães, pizzas, biscoitos, massas e outros.

Dessa forma, quando você segue uma dieta que corta o glúten, o que acontece é que vai estar restringindo a ingestão de uma série de alimentos que, consequentemente, levará a um menor consumo de calorias.

Portanto, isso também significa que de nada adianta cortar o glúten e continuar se alimentando com alimentos hipercalóricos ou em grandes quantidades.

Já se você conseguir fazer boas escolhas alimentares, for por um caminho saudável e conseguir substituir corretamente essa proteína, a perda de peso é garantida e cortar o glúten pode ajudar muito mesmo!

Próstata aumentada causa impotência?

Written by pablo on 05/11/2020 in Saúde with no comments.

A relação que há entre o aumento da próstata e os problemas de ereção ainda é uma questão que desperta dúvidas e incertezas na comunidade médica.

Isso porque é sabido que ambos podem trazer uma série de consequências desagradáveis para a vida do paciente. Quando combinados, então, a preocupação é dobrada.

Acontece que ainda existem muitos mitos sobre a condição de hiperplasia prostática benigna (a próstata aumentada) que devem ser esclarecidos. Portanto, vamos entender um pouco mais a seguir.

Entendendo a HPB (Hiperplasia Prostática Benigna)

Como o nome sugere, essa condição é caracterizada pelo aumento benigno da próstata, causado pelo acúmulo de células da glândula. Essa é uma alteração que costuma manifestar-se especialmente em uma região chamara zona de transição, que fica em volta da uretra.

A incidência dessa condição, de uma forma geral, tende a aumentar com o aumento da idade. A estimativa é que cerca de 20% dos homens com mais de 40 anos de idade podem apresentar a próstata aumentada.

Para conhecer mais sobre opções de tratamentos leia este artigo sobre Urotrin Recensioni, uma resenha sobre um ótimo tratamento natural.

A testosterona está entre os fatores de risco que aumentam as chances de ter o aumento da glândula pelo estímulo à proliferação celular.

Relação entre impotência sexual e próstata aumentada

A verdade é que existem muitos mitos relacionados aos problemas de próstata e a capacidade masculina de obter uma ereção, lembrando que esses assuntos ainda são grandes tabus para a maioria do público masculino.

O que precisa ser dito é que a próstata aumentada e a impotência sexual possuem mecanismo distintos e que a próstata tem uma papel importante na ejaculação e não na ereção por si só.

Mais do que isso, a função sexual depende de uma série de outros fatores, tais como:

Portanto, basta haver uma alteração em qualquer um desses fatores, que o homem já poderá apresentar algum nível de disfunção, que ocasiona a impotência.

Vale lembrar ainda que algumas doenças prostáticas sim, podem interferir na qualidade sexual, mas elas por si só não podem e nem devem ser consideradas causas diretas da impotência sexual.

O que pode acontecer em alguns casos, é que o aumento da próstata é tanto que acaba pressionando os nervos da região que atuam na ereção. Mais do que isso, alguns tratamentos que são recomendados para essa condição também podem causar impotência.

No entanto, somente o aumento da próstata não é responsável por esse quadro!

10 dicas de ouro para acabar com a celulite

Written by pablo on 27/10/2020 in Saúde with no comments.

Não aguenta mais conviver com a celulite? Não sabe mais o que fazer para reverter o problema? Mas que sacrifícios estaria disposta a fazer para se ver livre dessa inimiga?

Pois é, é comum, mulheres dizerem que fazem de tudo e não conseguem se livrar da celulite, porém, ao verificar seu estilo de vida, na verdade, ele só facilita o surgimento de cada vez mais celulite.

Não tem jeito, para vencer a celulite é preciso adotar um estilo de vida saudável, com uma alimentação equilibrada, com pouco açúcar, gordura e toxinas, além de apostar em atividades físicas regularmente, que não só ajudam a queimar gordura, como  gastar energia acumulada e melhorar a circulação sanguínea.

E mais, para que a celulite vá embora definitivamente é preciso que a mudança no estilo de vida não aconteça apenas durante o tratamento, ela deve ser para sempre e também é recomendado usar diariamente o creme cellugold.

Confira as principais dicas que devem fazer parte de seu novo estilo de vida!

1. Coma mais ferro

Além de ajudar a eliminar a celulite de dentro para fora, o ferro ajuda a melhorar a circulação sanguínea, aumentando a quantidade de nutrientes e oxigênio nas células. Beterraba, chocolate amargo, cacau em pó, vegetais de folhas verde-escuro como couve, são alguns exemplos de alimentos ricos em ferro.

2. Coma mais fibras

As fibras melhoram o funcionamento do intestino, dessa forma, eliminando toxinas, além de ajudar a saciar o apetite, por isso, procure investir em frutas e vegetais crus, legumes, arroz integral, feijão e frutas secas, além de linhaça, aveia e farelo de trigo.

3. Evite o sal

Se não puder cortar de vez da dieta, ao menos, diminua o consumo de sal, que provoca retenção líquida, causando celulite. Procure consumir, no máximo, 5 mg de sal por dia, que corresponde a 1 colher de chá por dia. No mais, procure substituí-lo por especiarias, ervas aromáticas, limão ou azeite, por exemplo. Acredite, ao retirar aos poucos do cardápio, em pouco tempo não sentirá mais falta do sal.

4. Beba chá verde

Por ser rico em catequinas, esse chá é ótimo no combate da retenção de líquidos, devido ao seu efeito drenante. Procure beber diariamente 750 ml, sem açúcar.

5. Fuja da comida industrializada

Por possuir um alto teor de sódio e de outras substâncias, a comida industrializada congelada pode causar retenção de líquidos, o que resulta no aumento da celulite. Sem falar que não sabemos os temperos que foram usados ou outros aditivos alimentares, que também devem ser evitados no combate à celulite. A dica, portanto, é apostar na comida caseira e, sempre que possível, procurar levar uma marmita para o trabalho.

6. Elimine toxinas

Acredite, eliminar toxinas não é nenhum bicho de sete cabeças, basta beber muita água ou chás, sem açúcar, ou mesmo, sucos, como o de couve, assim irá ajudar a limpar o organismo, eliminando toxinas.

7. Estimule a circulação sanguínea

É preciso estimular a circulação sanguínea, para aumentar o oxigênio nas células, melhorando a função do sistema linfático. Para isso, basta apostar em  exercícios físicos regularmente, ou investir em uma massagem esfoliante, para também remover as células mortas, ajudando a combater a celulite.

8. Faça exercícios físicos

Além de acelerar o metabolismo, os exercícios ativam a circulação, queimam gorduras e eliminam as toxinas, por isso, procure realizar regularmente. A dica é manter o peso fazendo, no mínimo, 1 hora de exercícios, 3 vezes por semana, e se quiser perder peso, faça 60 a 90 minutos de exercícios diariamente.

9. Aposte em cremes anticelulite

Alguns cremes anticelulite presentes no mercado, realmente, são muito bons, e isso porque são formulados com ingredientes que ajudam a combater a gordura localizada e melhorar a circulação sanguínea. Pesquise ou converse com seu médico.

10. Controle o peso

Quem já fez dieta sabe que mais difícil do que emagrecer é se manter no peso ideal, para isso, é fundamental manter uma alimentação adequada e não retornar aos velhos, e errados, hábitos. Mas nada de privações, tire, ao menos, uma vez por semana para deslizar na dieta, pois nada que é restritivo costuma durar muito tempo.

Dores articulares no Joelho

Written by pablo on 29/09/2020 in Saúde with no comments.

Talvez você nem imagine, mas as dores articulares no joelho são muito comuns, sendo uma das queixas mais frequentes em pessoas de todas as idades.

Essa dor pode surgir por consequência de uma lesão, tal como um ligamento ou cartilagem rompidos, por causa de atividades físicas em excesso ou mesmo por causa de doenças, como artrite.

O mais importante de tudo é conhecer as possíveis causas para esse problema, bem como contar com o apoio de um profissional, para que ele possa avaliar cada caso individualmente.

Então, vamos saber um pouco mais sobre esse problema e entender o que pode causá-lo.

Causas das dores articulares no joelho

Pois bem, como já foi explicado, existem muitos fatores que podem ser considerados os causadores dessas dores nos joelhos.

No caso das dores articulares no joelho causada por lesões ou outros problemas de saúde. De uma forma geral, o problema é causado pelo uso excessivo da articulação.

No entanto, também pode ser consequência de um preparo físico ruim, falta de alongamento ou aquecimento antes da atividade física e outros.

Mesmo assim, como já explicamos, as causas para as dores no joelho podem ser muitas e vamos ver algumas delas a seguir:

Artrite, incluindo casos de osteoartrite, artrite reumatoide e gota

Bursite

Cisto da Baker

Distúrbios do tecido conjuntivo, tal como lúpus

Luxação patelar

Infecção das articulações

Síndrome da faixa iliotibial

Lesões no joelho

Tendinite

Rompimento de um ligamento

Rompimento de uma articulação

Entorse

Distensão

Mais do que isso, ainda podemos citar uma outra condição, que é o tumor ósseo, que é bem menos comum do que as anteriores.

Fatores de risco para as dores articulares no joelho

Pois bem, o fato é que existe uma série de outras condições que podem ser consideradas fatores de risco para o surgimento dessas dores, veja:

Mais do que isso, vale lembrar que a dor sentida na região também pode ser originária do músculo e ser confundida com uma dor articular.

Além disso, a falta de força muscular acaba sobrecarregando as juntas, que acabam tendo que ligar com mais carga do que deveriam.

Tudo isso pode causar dores articulares no joelho, mas é essencial lembrar que a avaliação médica individualizada é o melhor caminho!